Antologias e coletâneas

Sempre é importante participar de antologias e coletâneas. Orgulho-me de todas. Em 1994 participei de duas. Do Concurso Literário Felippe D’Oliveira, da cidade de Santa Maria, com o conto “Um dia a lua cai” que tirou primeiro lugar e do livro “Contos que vêm de onde?” publicado pela Editora Unisinos, que comemorava os 25 anos da Universidade.

Em 1995, a cidade de São José dos Campos publicou duas antologias. Uma de contos e uma de poesia. Participei das duas. Da X Antologia Poética HELIO PINTO FERREIRA, e da VIII Antologia de Contos ALBERTO RENART com o conto “Uma angustiada espera”.

Mais tarde, a Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul publicou duas antologias poéticas. Ambas organizadas por Dilan Camargo. Uma em 2001 e outra em 2013. Nas duas tive poemas publicados.

Devo dizer que todas estas publicações me fizeram ser feliz com elas. Através delas, a Literatura me fez pertencer ao mundo, ao meu mundo, que é este, o mundo das palavras.