ALGUMAS PALAVRAS

Neste post, trago o que já foi dito sobre os livros “Um dia a lua cai” e “Rapsódia em Berlim” e “Bárbaros no Paraíso”, em momentos muito próximos aos seus lançamentos. Comentários de Paulo Hecker Filho, Luiz Antônio de Assis Brasil, Antônio Holfeldt, todos eles no Jornal RS de 1995. Eduardo Lanius no Jornal do Comércio, em outubro de 2003 e Oscar Bessi Filho na revista virtual Aplauso Brasil em 2006.

Bons e inesquecíveis momentos.

 

A ILHA

Final de 2007, início de 2008, não lembro bem fui convidado pelo escritor Luis Antônio de Assis Brasil a participar, junto com outros escritores, de uma coletânea de minicontos que seriam publicados pela Revista Magma, dos Açores. Em dezembro de 2008, saiu a edição.

“Postado no ponto mais elevado da ilha do Pico, contemplando as vertiginosas distâncias do oceano ele pensou no planeta como um barco à deriva. Mais tarde, olhando a cidade da vidraça de seu escritório, estendeu os braços. Queria tatear o horizonte, tocar em suas bordas. Por fim, seus pés desnudos abandonaram a platibanda do prédio e como um planeta sem órbita mergulhando num mar sem lendas, entendeu por efêmeros quatro segundos o que a mãe queria dizer quando afirmava que ele tinha, desde pequeno, um terno e enigmático rosto de náufrago.”